Como lidar com o excesso de informação?

2fev - by Filipe - 0 - In Psicologia Trabalho

É bem claro pelo que já sabemos sobre a ciência do cérebro que, se você não exercita habilidades cognitivas específicas, você acaba as perdendo. Se você se distrai facilmente, não pensará da mesma forma que pensa se você presta atenção. (Nicholas Carr)

Parece contraditório. Estou criando mais um conteúdo para falar sobre como lidar com excesso de informação, existem vários artigos falando sobre isso na Internet.

Bom, como bibliotecário, preciso estar sempre atento às novidades em diversas áreas do conhecimento. Uma das vantagens da minha profissão é que aprendemos também a selecionar a informação de acordo com os interesses dos usuários, o que me deu certa experiência em lidar com esses excessos.

Ao meu ver o maior mal do excesso de informação é justamente o que o  Nicholas Carr menciona em seu comentário. A distração. O que adianta saber nada sobre um monte de coisas? Gosto de aplicar alguns passos no meu dia a dia parar lidar com o excesso de informação.

5 passos para resolver o problema do excesso de informação na sua vida

  1. Omissão: o conceito é simples: você não pode consumir tudo, então simplesmente ignore. Comece pelas fontes que você considera menos importante. Você vai notar que depois de alguns dias você não vai sentir falta.
  2. Erre: responda à informação sem dar a devida consideração. Sim, não parece ser uma boa estratégia, no entanto, isso é mais comum do que você imagina. Quem nunca reagiu a um e-mail, relatório ou chamada telefônica, sem pensar em todas as consequências por causa de limitações de tempo ou falta de atenção? Lembre-se, você é humano.
  3. Priorize: colocar a informação de lado até que haja tempo para analisá-la. Um exemplo é a leitura de e-mails no início da manhã, antes do trabalho começar ou a leitura de relatórios importantes tarde da noite. Você decide o que é mais importante e qual momento é o mais propício para consumir determinada informação.
  4. Filtragem: semelhante a omissão, exceto pelo fato de que a filtragem emprega um esquema de prioridade para o processamento de algumas informações, ignorando outras. Algumas aplicações tecnológicas são eficazes em ajudar nessa filtragem. Mecanismos de recomendação, ferramentas de busca, aplicação de regras de e-mails para sua Caixa de Entrada e até o Netflix são todos bons exemplos de ferramentas que podem te ajudar a filtrar e priorizar informação.
  5. Escape da tarefa: delegue esse problema a outra pessoa. Eu sei, isso não parece certo, mas admitir que você não pode “fazer tudo” e dar uma tarefa para outra pessoa às vezes é a melhor estratégia de todas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *