Como vender músicas pela Internet?

10jun - by Filipe - 2 - In Música Negócios Tecnologia Trabalho

Sem a música, a vida seria um erro. (Friedrich Nietzsche)

Já pensou em ganhar dinheiro com a venda de músicas na Internet? Como sabemos, a variedade de artistas com o surgimento da Internet aumentou exponencialmente desde a década de 90, hoje, a forma que negociamos tudo, inclusive a música, mudou e qualquer um pode fazer parte deste mercado. Com seu próprio esforço você pode garantir uma renda extra no final do mês vendendo suas músicas ou a da banda do seus amigos.

Como vender música online: venda e promova suas músicas na internet – ganhe dinheiro com a venda de downloads, CDs e streaming.

A indústria da música mudou para sempre com o surgimento dos arquivos digitais e, principalmente, com a Internet. Antes da Internet, o artista vendia suas fitas por pedidos feitos através de cartas postais ou lojas de discos independentes, a fim de um dia conseguir assinar com uma grande gravadora e então desfrutar da vida glamourosa que lemos nos livros e vemos nos filmes. Hoje, esse sonho é diferente, a maioria dos artistas ganham dinheiro fazendo turnês e as lojas de discos desapareceram. Resumindo, nunca foi tão difícil ganhar dinheiro com música, dizem os especialistas, mas eles não costumam mencionar o benefício que o MP3 e a Web trouxeram:

Nunca foi tão fácil compartilhar músicas. E você pode fazer algum dinheiro com suas composições de várias formas. Não há nenhuma garantia de que você possa viver das suas composições musicais, mas se as pessoas gostarem do seu trabalho você pode garantir que isso o beneficie de alguma forma.

Neste artigo você vai aprender como vender suas músicas, tanto em formato digital como na forma física (CD, Vinil, etc). Também vai aprender como ganhar dinheiro tocando elas no YouTube, e como promove-las no Sound Cloud.

Como vender música online?

Vamos supor que você já tenha gravado o seu disco, e tenha suas músicas salvas em um formato digital. (Se não, procure softwares que façam essa conversão para você, existem vários aplicativos gratuitos nos principais servidores de download: App Store e Google Play. Use a expressão de busca: “conversor de áudio”.

Você pode implementar um sistema de e-commerce no site da sua banda ou como artista individual, dessa forma você fica com todos os rendimentos. Mas de que outras formas as pessoas podem comprar sua música? Muitas pessoas buscam o iTunes, outras vão no eMusic ou Google Play Music. A fim de atrair o maior público possível para o seu trabalho você precisa saber onde está o seu público em potencial.

iTunes

Você verá que é tecnicamente possível para qualquer um vender músicas através do iTunes. Lógico, não é fácil, senão haveria um monte de gente nesse mercado, não é mesmo? Para ganhar dinheiro com a venda de músicas é necessário que você entenda como funciona o marketing neste contexto e que tenha acesso ou produza muitas músicas. Se você é um artista individual ou banda tentando vender sua própria música a melhor ideia é se inscrever em um agregador aprovado pela Apple.

Os agregadores são especialistas em fornecimento de conteúdo para o iTunes. Eles também podem oferecer UPC (Universal Product Codes) e ISRC (International Standard Recording Codes), e distribuir a sua música em vários canais. A Apple paga os agregadores pelas vendas e eles pagam o proprietário do conteúdo.

Uma empresa de codificação pode formatar videoclipes ou vídeos de shows e entregar o seu conteúdo na sua conta, em seu nome. O pagamento pelo conteúdo disponibilizado por empresas de codificação é feito pela Apple ao proprietário do conteúdo.

Saiba mais aqui.

Lado positivo

Há alguns benefícios em usar um agregador – na maioria dos casos, ele vai postar suas músicas em várias lojas, e não apenas no iTunes. O Awal, por exemplo vai vender suas músicas através de mais de 200 serviços, incluindo iTunes, eMusic, 7Digital, Google Play e AmazonMP3 em troca de uma comissão de 15% de todas as vendas (após as lojas tirarem sua comissão também).

Lado negativo

Há um lado negativo em usar um agregador. Eles não são obrigados a aceitar sua música. Muitos possuem uma abordagem mais seletiva em relação aos artistas que eles escolhem para representar. Não adianta produzir algo que ninguém quer ouvir, dessa forma você não será selecionado.

Opções

É nessa hora que você precisa procurar especialistas em distribuição de música, que irá sim, cobrar uma taxa de comissão para trabalhar na sua música e colocá-la nas grandes lojas de música digital. Um desses serviços é o Ditto Music. Por aproximadamente 110 reais você pode colocar até 20 de suas músicas a venda em 200 lojas, incluindo as principais lojas do mundo. A Ditto também coloca sua música em serviços de streaming como o Spotify e Rdio. Para se inscrever é bem simples, você entra via Facebook ou E-mail e faz o upload da música e do trabalho de arte e faz a paga.

Outra opção é distribuir sua música através de meios físicos em lojas digitais. CD Baby é um serviço que oferece o serviço de distribuição digital do seu CD ou Vinil. Como era de se esperar, não é um serviço barato. A CD Baby cobra um adiantamento de 49 dólares (aproximadamente 160 reais) e ainda leva 4 dólares (cerva de 15 reais) por disco vendido independente do valor que você cobra pelo seu disco para vender na Amazon.

Como colocar suas composições no mercado de música online?

A facilidade com que você publica uma música na internet expõe o quanto é difícil ser ouvido. A web está cheia de música digital, e uma grande parte dessas músicas são gratuitas. Então para encontrar uma audiência para os seus downloads recém publicados você precisa se auto promover para os distribuidores como o Ditto, que vai vender para você, mas você não precisa necessariamente pagar para se promover.

Para se promover gratuitamente

Você precisa ter um site, perfil nas mídias sociais como Facebook, Google+, Twitter, Instagram e outras redes que você acha que vai agregar algum valor no seu projeto. Em cada caso você deve misturar conteúdos interessantes sobre a sua música e músicas similares, com links para sites onde sua música pode ser adquirida.

Não se esqueça de incluir trechos ou até mesmo músicas inteiras para aguçar o apetite do seu público-alvo.

Sound Cloud

Você definitivamente deve estar no Sound Cloud. Uma das principais redes sociais baseada em postar músicas para as pessoas ouvirem e fazer download. Você paga cerca de 15 reais por mês e pode subir até 4 horas de música. Você não vai ganhar dinheiro com isso, mas vai fazer uma grande promoção do seu material no meio de várias pessoas interessadas em ouvir sua música.

Youtube

O segundo motor de busca mais utilizado no mundo é o Youtube. Maior parte das pessoas no mundo ouvem música pelo Youtube porque é gratuito para ouvir e postar conteúdo. É interessante você fazer um tipo de vídeo para acompanhar sua produção musical, hoje temos vários editores de vídeos super tranquilo de operar. Você pode monetizar seus vídeos e ganhar dinheiro com anúncios para compensar os custos da sua produção, por exemplo.

Importante

Não se esqueça de pensar no seu público. A inspiração para escrever uma música pode vir de você, mas é baseada no mundo a sua volta, nas pessoas que interagem com você. Pense no seu público-alvo, o que as pessoas que gostam do seu estilo de música fazem? Que tipo de roupas elas usam, que lugares frequentam, como elas usam a internet? É importante conhecer seu público para compor e vender sua música.

2 thoughts on “Como vender músicas pela Internet?”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *