Como controlar a ansiedade em voos longos

13jun - by Filipe - 0 - In Opinião Psicologia Viagem

Precisamos ser pacientes, mas não ao ponto de perder o desejo; devemos ser ansiosos, mas não ao ponto de não sabermos esperar. (Max Lucado)

Para as pessoas ansiosas, viajar para o exterior pode ser a maior tortura de suas vidas. Vários fatores podem despertar esse nervosismo em um voo longo: a vontade de querer conhecer um lugar novo, o medo do que lhe espera no destino final, o começo das férias depois de meses sem poder viajar, querer ver aquela pessoa especial que você não vê a tanto tempo, entre outros sentimentos que podem despertar essa inquietação.

Austrália

Uma dica que compartilho com vocês é planejar o seu tempo de voo. Isso mesmo, nessa hora um bom planejamento vai te ajudar e muito a enfrentar horas e horas de voo. Vou relatar o que eu fiz no voo de Los Angeles para Sydney.

Eram 14 horas de voo, então me programei para enfrentar aquele longo voo uns dias antes. Separei um livro, um mp3 com músicas que gosto, uma palavra cruzada e umas duas revistas. Nas primeiras 2 horas de voo, li um pouco da revista, pois vem o jantar e prefiro deixar para ler o livro ou ver um filme sem interrupção. Passada a refeição, escolhi um filme e lá se vão mais duas horas. Eu não consigo dormir em voos, no máximo cochilos esporádicos, então após o filme tentei descansar por meia hora. Logo depois emendei em um novo filme, mais duas horas, e novamente tentei cochilar por 40 minutos a uma hora. Nisso já se foram umas 7 horas. Entre 7-8 horas de voo eles servem uma nova refeição, e lá se vai mais uma hora entre servir, recolher bandeja, lixo, etc. Já havia passado 8 h, faltavam 6 h! Ufa menos da metade!!! Comecei a ler o livro, uma hora depois estava pregado de sono, fechei os olhos e consegui descansar mais 1 hora. Já se passaram 10 h. Acordei e fui ver séries, revezei entre The Big Bang Theory e Friends, cada capitulo durava 20 min, assisti uns 3 de cada, lá se foram 2 horas, total de 12 h de voo. Decidi fazer palavra cruzada até servirem o café da manhã, pois só faltavam 2 horas até a chegada. Pronto, servida a refeição, recolhida as bandejas, hora de apertar os cintos, poltrona na vertical e pousar. É claro que durante o voo também andei um pouco, fui ao banheiro, conversei com meus amigos que estavam viajando comigo, e todos os minutos contam e ajudam o tempo passar.

australia2

Mas existem outras maneiras de encarar um voo para o exterior: tomar remédios para dormir ou relaxar, tomar um vinho ou uma cerveja durante o jantar para quebrar o nervosismo, fazer exercícios de relaxamento trabalhando a respiração, enfim, buscar alternativas para conseguir ficar mais tranquilo.

Uma outra dica que vale a pena é não contar as horas que faltam para chegar, ex: faltam 7 horas pra chegar agora faltam 6 h, etc. Tente focar nas que já se passaram: Ex: já se foram 5 horas…agora 7 h. Isso ajuda e muito o psicológico.

Texto do colaborador Alberto Braz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *