Escapando do roteiro de férias

27jun - by Filipe - 2 - In Opinião Viagem

Na minha opinião existem dois tipos de viajantes: os que viajam para fugir e os que viajam para buscar. (Érico Veríssimo)

Quando você viaja, uma das primeiras coisas que pensa é no Roteiro. Independente do número de dias, semanas ou meses, um bom roteiro faz com que você aproveite melhor a cidade visitada.

Para te auxiliar a montar uma programação de férias, procure sites de viagens, blogs, instagrams e dicas dos amigos, para ver quais são os melhores pontos turísticos, restaurantes, cafés, pubs, bares da região. Enumere o que você gostaria muito de conhecer, os lugares que você não faz questão de ir e alguns locais que caso você tenha um tempo sobrando, você irá visitar.

Na minha viagem para Austrália, estávamos em 4 pessoas, a maioria dos lugares que gostaríamos de conhecer eram comuns a todos, então ficou mais fácil de montar o roteiro. Porém, quando a gente chegou em Sydney, vimos que era melhor escapar um pouco do que estava nos planos e aproveitar mais a cidade.

sidney óperaQuando eu digo “escapar do roteiro” é fazer algo não planejado mas muito bem aproveitado e que a gente só descobre estando lá na cidade. Um exemplo: no nosso segundo dia em Sydney tínhamos em mente conhecer uns três pontos turísticos que eram perto, mas quando chegamos no primeiro, que era a Ópera de Sydney, decidimos ficar praticamente o dia todo lá. O clima estava bom, o lugar é extremamente bonito, vários bares e restaurantes, turistas de todos os cantos do mundo, então decidimos tirar fotos, ficar bebendo e comendo na beira do mar, apreciando o visual e curtindo nosso dia ali, sem pressa, sem preocupação com horário e com nada, aliás estávamos de férias e foi excelente!

Essas adequações no que você planeja conhecer, vale muito a pena. Várias vezes estávamos andando para um ponto turístico e decidíamos parar para comer algo, ou sentar numa praça e ver aquela movimentação de gente, ou encontrar lugares para conhecer no meio do caminho que você nem mesmo sabia que existia, e víamos que essa “quebrada” na programação era essencial para conhecer melhor a cidade. Em alguns lugares nós nos perdíamos, andávamos mais que o planejado, dávamos voltas até achar um ponto turístico que estava perto de nós, e a gente sempre ria dessas situações e tirava algum proveito daquilo.

Não se sinta culpado por não ter passado 4 horas no museu que você sempre quis ir e ao chegar lá, viu que 2 horas eram suficientes e que no caminho tinha um restaurante ou um bar com um ambiente muito agradável que valia a pena parar e gastar seu tempo lá. Os imprevistos sempre irão acontecer e cabe a você tirar proveito do momento e torná-lo uma oportunidade de aproveitar mais o seu passeio.

Texto do colaborador Alberto Braz

2 thoughts on “Escapando do roteiro de férias”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *