Vou viajar sozinho. E agora?

8jul - by Filipe - 0 - In Nomadismo digital Viagem

Voltar quase sempre é partir para um outro lugar. (Paulinho da Viola)

Viajar sozinho pode parecer estranho, mas é muito mais comum do que você imagina. Na América do Norte, Europa e Oceania os estudantes quando terminam o Ensino Médio (High School) ou a Universidade, eles tiram um tempo para viajar sozinhos e explorar outros lugares.

Aqui no Brasil é crescente o número de mochileiros que saem por conta própria para conhecer outros lugares. E cada vez mais aparecem opções para se hospedar, caso você não tenha companhia você tem algumas opções:

  • Campings: Se o seu roteiro é trilhas, cachoeiras, praias mais afastadas, basta arrumar uma barraca e seguir para seu destino. Se é a sua primeira vez, clique AQUI para ver umas dicas valiosas para acampar.

 

  • CouchSurfing: digamos que é um Facebook para viajantes. Você entra no site, faz seu cadastro, coloca informações, fotos no seu perfil e você pode se hospedar na casa das pessoas cadastradas, ou sair para fazer um tour pela cidade com quem não pode oferecer hospedagem e o melhor é que não paga nada e ainda faz amizades. Site: http://www.couchsurfing.com

 

  • Airbnb: site em que os moradores alugam quartos ou casas/apartamentos para viajantes. Muitos alugam um quarto na própria casa/apartamento, assim você acaba conhecendo o pessoal que mora nela e tem seu próprio quarto, sem precisar dividir com ninguém. Site: http://www.airbnb.com

 

  • Albergues/Hostels: acomodações individuais em quartos coletivos. Alguns hostels oferecem quartos duplos, família, com banheiro privativo ou compartilhado. Com certeza você irá conhecer pessoas de vários lugares do mundo hospedados lá.

Sites: http://www.hostelbookers.com  e  http://www.hihostels.com

 

  • Hotéis e pousadas: tradicionais meios de hospedagem para quem quer um pouco mais de privacidade e conforto.

Site: http://www.trivago.com.br e http://www.booking.com

 

Existem vários meios de hospedagem para você viajar, mas dependendo da sua escolha, não se preocupe, você nunca estará sozinho.

Texto do colaborador Alberto Braz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *