Se não existisse dinheiro o que você estaria fazendo?

16dez - by Filipe - 0 - In Opinião Psicologia Trabalho

O ego é uma falsa ideia sobre quem somos. E é o autoconhecimento que possibilita a integração do ego e o acesso à realidade de quem somos. Portanto é o autoconhecimento que possibilita a autorrealização. Por isso, abençoados sejam os momentos em que nos dedicamos às práticas que nos dão a chance de nos conhecer um pouco melhor. Abençoados sejam os seus esforços. (Sri Prem Baba)

Em algum momento da minha vida eu me desconectei da minha essência. E como parte do processo de reconexão com o meu Eu estou fazendo uma espécie de diagnóstico da minha situação atual e me fazendo uma pergunta que me remete aos meus tempos de criança:

Se não existisse dinheiro o que eu estaria fazendo?

Por que isso me remete ao meus tempos de criança? Porque criança nenhuma no mundo se preocupa com o que vai ser da vida, com o que ela precisa fazer pra ganhar dinheiro pra poder comer, pra poder morar e viver de forma digna e confortável. As crianças são mais puras. Livre de preconceitos, medos e necessidade de ganhar dinheiro.

Eu lembro que quando eu tinha aproximadamente 5 anos eu adorava mexer com martelo, serrote e madeira. Lembro de achar o máximo, nas minhas aulas de catequese, o fato de o pai de Jesus ser marceneiro. Eu seguia o “Manel”, marceneiro da obra de construção da casa do meu pai, pra cima e pra baixo tentando ajudar, sem muito sucesso, a bater pregos, serrar madeiras e construir coisas.

Quando adolescente descobri a guitarra, formei um banda, fizemos shows, nos divertimos e eventualmente a banda terminou porque os membros tiveram menos tempo pra se dedicar à banda pois estavam estudando para concursos públicos ou trabalhando muito no seus empregos, inclusive eu. O mais engraçado é que sempre sonhávamos em viver da banda, mas enterramos esse sonho pra seguir um caminho ao qual até hoje reclamamos: o nosso trabalho atual.

Por que fazemos isso? Porque a nossa família e a sociedade espera isso da gente. Mas quando acontece isso, criamos uma personalidade que não condiz com nós mesmos. Criamos um falso Eu. Não somos quem gostaríamos de ser. E pior, não gostamos do que nos tornamos. Quais são os sintomas de que estamos nesta situação? Ansiedade, angústia, sentimento de não pertencimento e depressão.

Como sair deste estado? Autoconhecimento. Como se autoconhecer? Quebrando nossas crenças, questionando nossos pensamentos. Conversando com um profissional. Seja um terapeuta, um coach, um padre ou pastor, um guru, na verdade isso fica a seu critério, o importante é conversar com alguém que você sente pode te ajudar. Precisamos buscar formas de nos conhecer melhor pra nos libertar do que você acredita ser você, mas que na verdade não é. Siga sua intuição, tenha coragem de encarar os desafios de um recomeço.

Espero que você encontre o que procure. Um feliz 2017 e um feliz recomeço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *